Candidatura do Fado apresentada ao Governo

Apresentacao ao GovernoO primeiro-ministro, José Sócrates, e a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, ficaram a conhecer o processo de candidatura do Fado àquela lista da UNESCO, que lhes foi apresentado, no dia 8 de Junho, por uma delegação municipal que incluiu os presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal de Lisboa, respectivamente, António Costa e Simonetta Luz Afonso.

Para além dos presidentes da Câmara e da Assembleia Municipal, a comitiva que José Sócrates acolheu na residência oficial do primeiro-ministro, em S. Bento, incluía ainda os vereadores Catarina Vaz Pinto, Rúben de Carvalho e António Carlos Monteiro, o presidente da Administração da EGEAC, Miguel Honrado, e a fadista Mariza que, com Carlos do Carmo, é um dos embaixadores desta candidatura. Coube a Sara Pereira, responsável pelo Museu do Fado, a apresentação dos dossiers técnicos do processo de candidatura, que deverá ser entregue antes da data limite, em Agosto próximo.

A Câmara de Lisboa apresentou ao Primeiro Ministro e Ministra da Cultura a proposta do Fado a património da Humanidade A Câmara de Lisboa apresentou ao Primeiro Ministro e Ministra da Cultura a proposta do Fado a património da Humanidade A Câmara de Lisboa apresentou ao Primeiro Ministro e Ministra da Cultura a proposta do Fado a património da Humanidade A Câmara de Lisboa apresentou ao Primeiro Ministro e Ministra da Cultura a proposta do Fado a património da Humanidade

Em declarações no final da reunião, o presidente da Câmara, António Costa, confidenciou que o primeiroministro e a ministra da Cultura acolheram “muito positivamente” o desígnio desta candidatura e considerou que “este é um momento importante para projectar internacionalmente o Fado, para que seja ainda mais conhecido no Mundo”. Recordando que a decisão de candidatar o Fado à lista da UNESCO do Património Imaterial da Humanidade foi tomada por unanimidade na Câmara e na Assembleia Municipal, o autarca manifestou o desejo de que a candidatura seja também “uma oportunidade para os cidadãos se envolverem, tornando a causa mais forte”.

Por seu lado, a ministra da Cultura, Gabriela Canavilhas, mostrou-se convicta de que esta “é uma candidatura de sucesso”, garantindo que o Governo tudo fará para a apoiar através de uma “triangulação envolvendo os Ministérios da Cultura, dos Negócios Estrangeiros e do Comércio e Turismo”. Para Gabrila Canavilhas, a articulação entre o Governo e a CML permitirá que a candidatura do Fado, “simbolizando a cidade e a alma lusitana” e “cientificamente muito bem fundamentada”, venha a ser “imbatível”.

A candidatura, que promove múltiplas medidas de salvaguarda e de difusão do Fado, será ainda apresentada ao Presidente da República antes de ser entregue, até Agosto, aos serviços competentes da UNESCO. O processo de análise adivinha-se demorado, não devendo surgir uma decisão antes do Verão de 2011.

Set 2019
STQQSSD
26 27 28 29 30 31 1
2 3 4 5 6 7 8
9 10 11 12 13 14 15
16 17 18 19 20 21 22
23 24 25 26 27 28 29
30 1 2 3 4 5 6