Miguel Honrado
Presidente do Conselho de Administração da EGEAC

Com a Promoção da Candidatura do Fado à Lista representativa do Património Imaterial da Humanidade daremos início ao longo de 2011, através de um extensíssimo número de acções, acontecimentos e projectos, a uma fundamental etapa neste já longo percurso de meia década, em prol do reconhecimento patrimonial desta expressão artística determinante para a nossa identidade cultural. Procuraremos assim afirmar, neste novo ano, uma transição de escala da maior importância: aquela que vai do alcance de um objectivo à construção de um desígnio.

Após vários anos de profunda e rigorosa investigação, envolvendo em largo espectro, a
comunidade do Fado: artistas, investigadores, promotores, académicos – ocorreu no passado dia 15 de Julho a entrega formal da Candidatura à UNESCO; um objectivo da maior importância foi indubitavelmente alcançado; contudo o Fado nunca poderá ser com plenitude Património Imaterial da Humanidade sem antes ser Património de todos e de cada um de nós.

É certo que ao longo deste percurso inúmeras pessoas, organizações, órgãos de soberania,
grupos de cidadãos, apoiaram profunda e entusiasticamente a nossa causa, a todas eles
manifestamos formalmente aqui a nossa gratidão, porém é neste momento imperativo lançar um largo movimento de apropriação e de partilha.

Será unicamente através da capacidade de entrega a uma causa que tão imaterialmente nos define, que conseguiremos construir o legado que generosamente desejamos partilhar com o Mundo.

É desta matéria que são feitos os desígnios.

Miguel Honrado

Jul 2017
STQQSSD
26 27 28 29 30 1 2
3 4 5 6 7 8 9
10 11 12 13 14 15 16
17 18 19 20 21 22 23
24 25 26 27 28 29 30
31 1 2 3 4 5 6